É provável que as memórias de infância dos idosos do futuro não envolvam a subida a árvores, brincadeiras na rua ou comer um fruto colhido diretamente de uma árvore, como faziam os nossos pais e avós.

As recordações da terceira idade do século XXI vão ser os jogos de consolas, brinquedos ultra tecnológicos, programas de televisão e aplicações de jogos possíveis de aceder a partir de qualquer lugar.

 

As brincadeiras e os interesses terem mudado é normal, mas perder totalmente o contacto com a natureza é algo que as crianças de hoje em dia estão a perder em relação às anteriores gerações.

Este cenário torna-se preocupante quando se sabe que as crianças nem sequer têm tempo (ou vontade) para brincar ao ar livre. Há vários estudos atualmente que nos indicam que as crianças preferem desportos virtuais (em computadores ou tablets) a praticá-los na vida real.

 

Esses mesmos estudos também revelam que os pais notam que os seus filhos são mais criativos quando brincam sem a tecnologia. Permite soltar a imaginação sem as restrições e limitações que um aparelho eletrónico apresenta.

Num mundo cada vez mais urbanizado e “virtual”, com smartphones, tablets, shoppings e mil e uma atividades extracurriculares competindo pelo tempo das crianças, menos oportunidades elas têm de se conectar com o meio ambiente e tirar proveito dessa grande escola que é o mundo natural. Mas isso pode mudar.

Conheça 9 das razões pelas quais as crianças devem ter mais contacto com a natureza:

1. Sentidos mais apurados

As crianças desenvolvem-se à medida do desenvolvimento dos seus sentidos. Audição, visão, tato, olfato e paladar podem beneficiar do contacto com a natureza.

Pegar num punhado de areia ou sentir a textura de uma flor, por exemplo, o criança está a descobrir novas sensações táteis; ao ouvir um pássaro a cantar ela estará a desvendar novos sons e adquirir mais conhecimento; ao ver o movimento da água num rio ou uma cascata, estará a fazer novas descobertas e a fazer novas perguntas.

 

2. Criatividade sem limites

A criatividade está inata nas crianças, por ainda não conhecerem as coisas, eles formulam hipóteses, o que permite que a imaginação flua livremente.

Ao deixar um brinquedo cair ao chão, a criança está a observar o movimento descendente do objeto. As plantas, as flores, os galhos e até os animais são perfeitos para estimular essas experiências. “O contacto com a natureza é um trampolim para desenvolver inteligência de perguntas e estimular a exploração” – Vital Didonet.

 

3. Meio ambiente preservado

A melhor forma de garantir a sustentabilidade do meio ambiente é começar pelas crianças, porque elas amam a natureza. Ver uma árvore crescer, um passarinho a alimentar os seus filhotes são formas de consciencializar os mais pequenos sobre como funciona a natureza e como as nossas ações podem impactar tudo isso. Eles ainda não sabem destruir e, se aprenderem desde cedo o significado de preservar as coisas, passam a ser elas a exigir isso aos pais.

 

4. Imunidade fortalecida

Brincar na relva e ter contato com a terra também são formas de colocar a criança em contato com anticorpos que vão contribuir para fortalecer o seu sistema imunológico.

Previne a miopia. Espaços amplos, abertos e com iluminação natural estimulam o exercício dos músculos oculares. As crianças precisam focar-se em objetos grandes e ao longe. É importante que os olhos se movimentem seguindo a linha vertical, horizontal e de profundidade para a prevenção do encurtamento dos músculos dos olhos. A ocorrência de miopia tem crescido entre as crianças e uma das explicações é o acesso precoce e excessivo ao mundo tecnológico.

Também previne a deficiência de Vitamina D, pela exposição aos raios solares.

Quando supervisionadas e feitas em segurança, estas atividades só vêm acrescentar saúde e bem estar às crianças.

5. Aprender a gerir os riscos

Ajuda na aquisição do equilíbrio do corpo auxiliando no desenvolvimento da destreza corporal. Estar ao ar livre é um convite para o movimento – correr, saltar, escorregar, explorar troncos caídos, etc. Numa floresta, as possibilidades de se divertir são tão vastas quanto o risco de se magoar, fazendo com que as crianças desenvolvam resiliência e autossuficiência, ambos traços que podem ajudá-las a superar desafios na vida.

 

6. Qualidade do sono

Brincar ao ar livre proporciona maior gasto de energia, o que contribui para a qualidade do sono, tão importante para a fase de crescimento, além de prevenir a obesidade, que vem aumentando a cada dia na população infantil.

 

7. Efeito calmante

Da mesma forma que os alimentos e a água restauram os corpos, a natureza restaura o funcionamento mental. Viver numa cidade grande significa ser bombardeado por uma grande quantidade de estímulos que procuram captar a atenção o tempo todo, o que pode desencadear quadros de ansiedade.

A natureza tem um efeito calmante e restaurador que torna mais fácil para as crianças se concentrarem. Observar as folhas que correm no riacho ou a fila de formigas a carregar alimento para o formigueiro são atividades que exigem uma atenção mais pormenorizada por parte dos mais pequenos.

 

8. Melhor desempenho escolar

Estudos nos EUA mostram que as escolas que usam salas de aula ao ar livre e outras formas de educação experiencial baseadas na natureza e em saídas para a montanha promovem ganhos significativos no desempenho dos alunos nas mais variadas disciplinas, dos estudos sociais às artes e matemática.

 

9. Menos agressividade

Mais do que embelezar a paisagem urbana e filtrar poluentes nocivos à saúde, as áreas verdes podem ser poderosas aliadas no combate à agressividade de adolescentes. Mesmo exposições de curto prazo na natureza (de um a seis meses, por exemplo) já são suficientes para influenciar positivamente o seu comportamento.

 

Crianças e natureza: uma combinação perfeita

Aproveite a inspiração do nosso artigo para planear dias inesquecíveis em família na natureza. Cada descoberta, por mais simples que seja, tem um valor incrível para as crianças e pode ajudá-los a entender um pouco do mundo em que vivem. As experiências proporcionadas pelo contato com a infinidade de cores, texturas e cheiros contribuem para que as crianças desenvolvam os sentidos e uma nova visão de mundo com base na harmonia e no respeito à natureza. Não deixe de incentivar uma relação próxima entre as crianças e a natureza.

Reserve já o nosso próximo Trekking Familiar e venha disfrutar de uma aventura na natureza em família.

Strike Tours - Agência de Viagens com RNAVT nº 6588 e RNAAT nº 115/2010 © Todos os direitos reservados