TRILHO DOS CAMINHOS DO VINHO DO PORTO

A segurança, qualidade e dedicação para com os nossos clientes são pilares que sustentam as nossas atividades.

Oferta de máscaras a todos os participantes e será disponibilizado gel desinfetante para as mãos.

28 MAIO | 06 JUNHO | 08 JUNHO | 17 JUNHO | 27 JUNHO | 29 JUNHO | 09 JULHO

Localização: Lamego

Ponto de Partida: Samodães

Extensão: 6.9 km

Duração: 3h30m 

Nível de Dificuldade: Médio

Tipo de Trilho: Trilho Natural e Paisagístico – Sinalizado e Circular

OPÇÃO 1 – Transfer Ida e Volta Porto | Preço: 20,00€ p/pax

OPÇÃO 2 – Encontro em Samodães | Preço: 12,00€ p/pax

Protocolo de higienização e boas práticas COVID-19

  • 0,00 €
  • Termos e Condições

Aldeia de Samodães

É nesta centenária aldeia onde se iniciará o nosso percurso, com aspecto humilde e rural, como tão característico é desta região. Com poucos habitantes e um ambiente bastante calmo, são de notar a Capela de Nossa Senhora da Graça com traços maneiristas, proveniente do maneirismo, estilo arquitetónico que surgiu no Séc. XVI como revolta ao classicismo, e a vista do adro que ela sustenta, nada melhor que presentear os olhos para nos dar força para a caminhada que se segue.

 

 

Quinta do Vale Abraão

A Quinta do Vale Abraão só por si já é de beleza intemporal, parada no tempo nas encostas cheias de socalcos de vinha que a rodeiam e a compõem. Mas esta quinta tem mais a contar, ficou imortalizada na história por 2 dos mais conceituados artistas Portugueses, pelas mãos de Agustina Bessa-Luís nasceu o famoso livro “Vale Abraão” um romance literário que narra a trajetória amorosa de uma mulher vítima dos seus despropositados desejos e paixões.

Pelo olhar da câmara do mais conceituado cineasta Português, Manoel de Oliveira, viu nascer o filme com o mesmo nome que o livro, “Vale de Abraão”, caracterizado pela sua beleza plástica fulgurante e uma sensibilidade poética inigualável. Estas duas obras, que na verdade são apenas uma, deixaram esta Quinta como um ponto a ter em conta no mapa, trazendo-lhe imensa reputação. 

O filme foi considerado pelas crónicas do cinema como “um dos filmes mais bonitos do mundo”. Mais uma bela prova que o Douro não são só vinhas, há inspiração para artistas das mais variadas vertentes da arte, o Douro é assim, uma inspiração.

 

 

Descrição do trilho 

Este trilho vai levar-nos ao municipio de Lamego, mais concretamente à aldeia de Samodães, onde irá começar esta jornada por caminhos ladrilhados das vinhas do Alto Douro Vinhateiro. 

Nesta bonita região, onde se produzem vinhos há cerca de 2000 anos, a jornada será de cerca de 3h30m, mas aqui não há tempos a cumprir, esta é uma caminhada de introspecção e calma, lembre-se é uma maratona não uma corrida. 

Neste trilho irá caminhar pelos socalcos desenhados na paisagem por centenas ou talvez milhares de mãos que nestas terras trabalharam, é sem qualquer dúvida uma lembrança viva de outros tempos. Este é considerado por muitos um dos mais bonitos trilhos do Douro, onde teremos contato não só com a Natureza mas também com a história e cultura de diversas épocas. 

Serão cerca de 7 km por caminhos rurais, delineados por muros de xisto que servem como limites das quintas. Este trilho é de melhor execução no sentido oposto aos ponteiros do relógio, privilegiando assim mais descidas do que subidas, poupando um pouco as suas pernas. 

São de destacar as panorâmicas que irá encontrar pelo caminho sempre sobranceiras ao Rio Douro e se da época das vindimas se tratar irá ver em primeira mão uma tradição secular. Pode até perder a vergonha e dar uma mão a quem trabalha e cortar você mesmo umas uvas, que com certeza irá ser visto com bons olhos por parte dos locais e não se esqueça de provar um ou outro cacho, frescos e de uma doçura inigualável.

100% SEGURO

  • Grupos com um máximo 5 pessoas por guia / transporte;
  • Locais e horários de caminhada com fluxo baixo de caminhantes;
  • São escolhidos trilhos com baixo grau de risco;
  • Percursos adaptados para reduzir ao mínimo o contacto com os locais;
  • Lotação dos veículos de transporte reduzida de acordo com a DGS;
  • Renovação do ar interior das viaturas e limpeza das superfícies;
  • Evitadas aglomerações durante os períodos de pausa;
  • Durante todo o percurso são postas em prática as regras de distanciamento social;

Deslocação para o local da caminhada

  • A lotação dos nossos veículos será reduzida de acordo com as orientações da DGS;
  • Será acautelada a renovação do ar interior das viaturas e a limpeza das superfícies;
  • Dispomos de carrinhas de 9 lugares que terão a sua lotação reduzida a 6 ocupantes garantido desta forma o espaço entre os participantes durante a viagem;
  • Como alternativa poderá deslocar-se no seu próprio veículo até ao ponto de encontro do início da caminhada.

O que deve levar?

Cada participante deverá trazer água e alimentação suficientes para as suas necessidades, de modo a evitar a partilha de qualquer material entre todos.

Os participantes são aconselhados a trazerem o seu próprio material de combate à propagação do COVID-19 (máscara, desinfetante manual, etc).

  • Mochila pequena (para transporte de água, comida e agasalho);
  • Roupa confortável de acordo com a época;
  • Botas de caminhada ou sapatilhas (material usado e confortável);
  • Agasalho;
  • Impermeável;
  • Cantil (pelo menos 1,5l de água);
  • Óculos de sol e protector solar;
  • Chapéu ou Lenço;
  • Saco do lixo individual.

OUTROS TREKKINGS QUE PODERÁS TER INTERESSE

Strike Tours - Agência de Viagens com RNAVT nº 6588 e RNAAT nº 115/2010 © Todos os direitos reservados